FESTAS E BALADAS

- ANUNCIANTE -

DIA A DIA

Estórias que a vida conta

Heraldo Materiais

GIRO DE NOTÍCIAS

Metalrone

Max 90 FM

CONVERSA NO CAFEZINHO

Conversa no cafezinho

Durante a sessão da Câmara Municipal de Araçatuba na noite de ontem(21)o presidente Rivael Papinha fez um longo desabafo e ficou claro o descontentamento e o desconforto gerado com o anúncio do aumento dos  servidores públicos sem a presença dos vereadores da bancada. Papinha se aborreceu  e disse que não haveria aumento nenhum sem a aprovação dos vereadores. Em seu discurso ele foi incisivo e direto em seu recado ao prefeito Dilador Borges: "Se for assim, não conte comigo".

Contra 9,22% dos secretários

O vereador e pré-candidato a deputado Estadual Cido Saraiva foi o primeiro vereador a se manifestar contrário ao reajuste dos secretários superior ao dos servidores municipais. Usou cálculos matemáticos para demonstrar que o impacto não teria pequeno.  Na sequência o vereador Arlindo Araújo, também candidato a deputado, veio na mesma linha e manifestou sua posição contraria. Mas  a bancada estava afinada com a orientação do executivo e aprovou por goleada 11 x 2.

Reorganizando a base

O ex-prefeito Cido Sério tem se virado para cumprir agendas em São Paulo, Araçatuba e região. Tem buscado viabilizar sua candidatura a deputado federal, pelo PRB, na capital onde está rearranjando a base que em 2006 lhe garantiu votação expressiva. Hoje ele esteve participando de um encontro organizado pela Fundação Republicana Brasileira.  

Conversa no cafezinho

Onde está Deus, prefeito?

Hoje foi um dia especial para o prefeito Dilador Borges. Ele recebeu em seu gabinete um grupo de evangélicos, católicos e maçons. O objetivo do encontro era convidá-lo a participar da Semana da Família que será comemorada em Araçatuba. Maçons, evangélicos e católicos reunidos em torno da mesa. Muita prosa boa, como bem dizem os mineiros. Os visitantes presentearam Dilador com um exemplar do livro "Onde Está Deus?" e Edna Flor recebeu "As Mulheres e a Graça". Uffffa. Ainda bem que o título do livro para a Edna não era “Onde está a Graça?” Dilador colocou o livro "Onde Está Deus" em sua pasta e teria recomendado ao motorista levá-lo até seu carro, prometendo ler em casa se a Dona Deomerce não levasse muitos processos para despachar. Sobre a mesa as licitações aguardando por despachos contraponteavam aos cafezinhos, aos flash’s e o entra e sai de assessores preocupados com a agenda e com a aporrinhação da imprensa. Gabinete é assim mesmo. Mas aqueles eram homens de Deus e não poderia cometer a indelicadeza de apressá-los. Esgotados os assuntos todos se levantaram e gentilmente Dilador os acompanhou a até a porta principal. Na saída um dos pastores apertou a mão do prefeito e olhando fixamente em seus olhos lhe perguntou:  Onde Está Deus , prefeito? A resposta foi imediata: Já mandei o motorista levá-lo. Está no porta malas do meu carro. Mineiro é mesmo assim. Não corre o risco de ser inexato de jeito nenhum, uai!