Conversa no cafezinho

Em Araçatuba

O jornalista Paulo Henrique Amorim, âncora do Domingo Espetacular da Tv Record e responsável pelo blog Conversa Afiada que é lido por meio milhão de leitores, estará em Araçatuba nesta terça-feira (3), as 19 horas, no Kabana Eventos, para debater o papel da grande mídia no Brasil. Em seu Blog o jornalista tem posicionamento crítico à Tv Globo.

Cadê o AME ?

Célio de Oliveira, prefeito de Penápolis, deve estar comemorando e muito a vitória na queda de braço com Araçatuba para receber a instalação do AME Cirúrgico. Mais que uma derrota para o prefeito Dilador Borges, foi vergonhoso e desrespeitoso para Araçatuba que é, queiram ou não queiram, o mais importante centro médico desta região. Se o principal equipamento de saúde de alta complexidades, que é a Santa Casa, está em Araçatuba e aqui são tratados de pacientes de todas as cidades da região, não se justifica que o AME Cirúrgico esteja em Penápolis.

E nisso que dá

Não ter representatividade política dá nisso. Certamente se Araçatuba tivesse deputados e que o peso do voto na Assembléia Legislativa ou na Câmara Federal fosse do interesse do governador Marcio França ele não teria esse comportamento. Agora chupam que é de uva!

Isso define?

Com a decisão de deixar a Tv Band, onde vinha comandando nas tardes de domingo o “Agora é com Datena”, está confirmada a pré-candidatura de José Luiz Datena (DEM) ao Senado da República, motivado pela sua liderança nas pesquisas que vem sendo realizadas e publicadas.

Lideranças

Com a candidatura de Datena é possível que as duas vagas do Estado de São Paulo no Senado sejam ocupadas a partir de 2019 pelo jornalista Datena e por Eduardo Suplici. É isso que as pesquisas mostram com os dois ocupando as preferências dos eleitores sem outros nomes, neste momento, que possam significarem alguma chance.

Empacado

Esses nomes só seriam ameaçados se os caciques do PSDB convencessem o ex-governador Geraldo Alckmin que sua candidatura não vai mesmo emplacar e acenassem com sua candidatura ao Senado da República, onde poderia ter alguma chance.  Mas isso significaria um desarranjo geral no PSDB.