Unisalesiano passa a editar livros

Dra. Eliane Patrícia Cervelatti

“Primeira obra se remete a uma viagem na Amazônia, em 2015”

O UniSALESIANO acaba de conquistar o prefixo editorial, emitido pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, órgão responsável pelo controle de obtenção do prefixo editorial e gerações de ISBN (International Standard Book Number) para obras literárias.

Com isso, a Instituição abre espaços para docentes e acadêmicos produzirem até 100 volumes, sejam eles publicados de forma digital ou impressa.

“Há uma complexidade de informações e exigências feitas pela Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. O processo todo demorou mais de 30 dias até a aprovação final conquistada no dia 11 de junho”, explicou o chefe do Departamento de Comunicação e Marketing do UniSALESIANO, Maikon Malaquias.

Ele ressalta que, agora, há uma ponte entre autores dentro da instituição, onde se pode compartilhar conhecimento de forma organizada, seguindo os padrões internacionais de publicações.

AMAZÔNIA

“Conhecimento popular e ciência: uma parceria de sucesso no interior da Amazônia” é o título da primeira obra recém-lançada com o prefixo editorial do UniSALESIANO, que tem como organizadora responsável a professora doutora Eliane Patrícia Cervelatti.

A docente foi convidada pelo Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, e pelo Pró-Reitor Acadêmico, Profº. André Ornellas, a conhecer os trabalhos realizados no projeto “Farmácia Verde”, na cidade ribeirinha Maricoré, na Amazônia.

Eliane ficou em Maricoré por cinco dias, no final do ano de 2015. Lá, ela pode acompanhar diariamente o atendimento de saúde feito pelas irmãs franciscanas e voluntárias. “O trabalho que elas desenvolvem é muito sério, com produtos 100% naturais e, além do uso exclusivo de ervas, o grande diferencial é o atendimento humanizado. Os pacientes não saem da farmácia sem antes tomar chá, café ou comer pão”, lembrou.

O livro traz a rotina do projeto e ainda os trabalhos científicos realizados com as ervas, de autoria de professores e pesquisadores do UniSALESIANO: Denise Junqueira Matos, Rossana Abud Cabrera Rosa, Vivian Aline Preto, Vilma Clemi Colli, Casimiro Cabrera Peralta, Juliane Cristina Trevisan Sanches, Natalia Felix Negreiros e Eliane Cervelatti.

Dentre as pesquisas feitas no UniSALESIANO, com o intuito de comprovar as propriedades medicinais das ervas, estão: análise da ação antimicrobiana; eficácia da insulina vegetal como controle da glicemia; estabilidade do extrato; análise da toxicidade, entre outras.

“Esse livro é fruto do trabalho de uma equipe e mostra o quanto podemos ir mais longe quando entendemos que temos que somar forças”, frisou Eliane, ao completar que se sente honrada e feliz por participar da primeira obra. “Sou grata ao Pe. Luigi e ao André Ornellas pela confiança que em mim depositaram. Ter um livro depois de três anos dessa experiência superou todas as expectativas que eu tinha no coração.”

O pró-reitor acadêmico, Profº André Ornellas, afirma que as portas para novas publicações estão abertas a todos os professores e alunos interessados. “É uma oportunidade para alavancar a carreira e expandir os conhecimentos”, destacou Ornellas, ao comentar que o UniSALESIANO não mede esforços para oferecer condições diversas na formação de seus integrantes.

ISBN

O ISBN é um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição. Utilizado também para identificar software, seu sistema numérico é convertido em código de barras, o que elimina barreiras linguísticas e facilita a circulação e comercialização das obras. Além disso, simplifica a busca e a atualização bibliográfica, concorrendo para a integração cultural entre os povos.